||
❝ Se tens um coração de ferro, bom proveito.
O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia. ❞

— José Saramago 

❝ Você é mais bonita que uma bola prateada
de papel de cigarro
Você é mais bonita que uma poça dágua
límpida
num lugar escondido
Você é mais bonita que uma zebra
que um filhote de onça
que um Boeing 707 em pleno ar
Você é mais bonita que um jardim florido
em frente ao mar em Ipanema
Você é mais bonita que uma refinaria da Petrobrás
de noite
mais bonita que Ursula Andress
que o Palácio da Alvorada
mais bonita que a alvorada que o mar azul-safira
da República Dominicana

Olha,
você é tão bonita quanto o Rio de Janeiro
em maio
e quase tão bonita
quanto a Revolução Cubana ❞

— Ferreira Gullar 

❝ Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar ?
Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar ?
amar o que o mar traz à praia,
o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?
Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entregar ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, é uma ave de rapina.
Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.
Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita. ❞

— (Carlos Drummond de Andrade)

❝ Se te pareço noturna
e imperfeita
Olha-me de novo.
Porque esta noite
Olhei-me a mim,
como se tu me olhasses
E era como se a água
Desejasse. ❞

— Hilda Hilst

❝ vazio
agudo
ando meio
cheio de tudo. ❞

— Paulo Leminski

Lookporn:

Pornographic Picture.

Picture.
Anônimo :  acho que tem alguém estudando modernismo ..

´porque?

Congresso Internacional do Medo

Provisoriamente não cantaremos o amor,
que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos.
Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços,
não cantaremos o ódio, porque este não existe,
existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro,
o medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos,
o medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas,
cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas,
cantaremos o medo da morte e o medo de depois da morte.
Depois morreremos de medo
e sobre nossos túmulos nascerão flores amarelas e medrosas

Carlos Drummond de Andrade

❝ Vi uma estrela tão alta,
Vi uma estrela tão fria!
Vi uma estrela luzindo
Na minha vida vazia.
Era uma estrela tão alta!
Era uma estrela tão fria!
Era uma estrela sozinha
Luzindo no fim do dia.
Por que da sua distância
Para a minha companhia
Não baixava aquela estrela?
Por que tão alto luzia?
E ouvi-a na sombra funda
Responder que assim fazia
Para dar uma esperança
Mais triste ao fim do meu dia. ❞

— Manuel Bandeira , A Estrela 

bible-jpg:

untitled
Anônimo :  problema nenhum, só que a tua justificativa não tem nada a ver.

e eu não estou nem aí, isso aqui já deu o que tinha que dar

sonetario :  Esse lugar se tornou nada, as pessoas se incomodam c/ tudo que você faz, fala e pensa. Eu cheguei aqui ontem e já estou cansado de tanta bobagem e criancice da parte de muitos. Vejo pessoas se matando por fama, pra quê? Não sei... É um pequeno desabafo. Boa noite e desculpa se fui inconveniente, mas vi a ask do anony e decidi falar algo.,

Obrigado! tenho quase 20k e pra que?

comecei com trinta seguidores. isso é o de menos, prefiro ter um educação boa do que isso aqui!